Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/63
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorGarcia, Graciela Bonassa-
dc.contributor.authorBranci, Bruno Gervasio-
dc.date.accessioned2016-10-06T18:38:04Z-
dc.date.available2016-10-06T18:38:04Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationBRANCI, Bruno Gervasio. A Vila de Iguaçu e a via férrea D. Pedro II: de zona estratégica ao abandono sistemático (1850 a 1872). 2014. 55 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em História)–Instituto Multidisciplinar, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/63-
dc.description.abstractO presente trabalho de história regional tem como objetivo analisar os impactos causados pela implantação da linha férrea Dom Pedro II, na região da Baixada Fluminense, focalizando a antiga Vila de Iguaçu, localidade que dá nome ao atual município de Nova Iguaçu, localizado no estado do Rio de Janeiro. Busca-se também entender os impactos causados pelas políticas públicas, na área de infraestrutura, sobre a população local. Para isso, além da revisão bibliográfica, também foram utilizadas diversas fontes primárias: os Relatórios de Presidente de Província do Rio de Janeiro, o Almanak Administrativo, Mercantil e Industrial do Rio de Janeiro, o Estatístico Populacional da Província do Rio de Janeiro do ano de 1850, e o Recenseamento Demográfico de 1872. Através dessas fontes, analisamos como o funcionamento das vias férreas alteraram a vida da Vila de Iguaçu. O estudo de uma pequena vila extinta, na região hoje conhecida como Baixada Fluminense, pode se tornar enriquecedor, quando se analisa como a dependência econômica, a falta de planejamento e a falta da diversidade na economia puderam levar a um fenômeno dramático, ocorrido em Vila de Iguaçu que deixou de existir.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectPolítica pública - Nova Iguaçu (RJ)pt_BR
dc.subjectFerrovias - Baixada Fluminense (RJ)pt_BR
dc.titleA Vila de Iguaçu e a via férrea D. Pedro II: de zona estratégica ao abandono sistemático (1850 a 1872)pt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.contributor.membersGarcia, Graciela Bonassa-
dc.contributor.membersGasparotto, Alessandra-
dc.contributor.membersNascimento, Álvaro Pereira do-
dc.degree.levellicenciaturapt_BR
dc.description.abstractOtherThis study of regional history is to analyze the impacts caused by the implementation of the railway Dom Pedro II, in the Baixada Fluminense region, focusing on the former Vila do Iguaçu, town which gives its name to the current municipality of Nova Iguaçu, located in the state of Rio de Janeiro. Also seeks to understand the impacts of public policies in the area of infrastructure on the local population. For this, besides the literature review, several primary sources were also used: Reports President of the Province of Rio de Janeiro, the Administrative Almanak, Mercantile and Industrial do Rio de Janeiro, the Statistical Population of the Province of Rio de Janeiro year 1850 and the Demographic Census of 1872. Through these sources, we analyze how the operation of the railroads changed the life of the Village of Delhi. The study of a small village extinct in the region now known as Baixada Fluminense, can become rewarding, when analyzing how economic dependence, lack of planning and lack of diversity in the economy could lead to a dramatic phenomenon occurred in Vila Iguaçu which no longer exists.pt_BR
Appears in Collections:Monografias do Curso de Licenciatura em História - IM

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BRANCI, Bruno Gervasio 2014.pdf350,61 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.