Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3113
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMendonça, Bruno Araujo Furtado de-
dc.contributor.authorAtaíde, Danilo Henrique dos Santos-
dc.date.accessioned2018-08-21T13:10:20Z-
dc.date.available2018-08-21T13:10:20Z-
dc.date.issued2016-06-10-
dc.identifier.urihttp://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3113-
dc.description.abstractO rápido avanço da tecnologia (computacional, materiais, sistemas de navegação globais, sensores aprimorados, etc.), somado a demanda crescente em produzir produtos cartográficos de maior qualidade tem contribuído para desenvolvimento e uso de Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs) no Brasil e no Mundo. Os VANTs, atualmente, surgem como uma opção na silvicultura por apresentarem uma série de aplicações, como exemplo: o monitoramento de plantios comerciais e florestas naturais; identificação de anormalidades; levantamento de informações para condução de tratos silviculturais, controle de incêndios florestais, dentre ouros. O objetivo do presente estudo foi avaliar o uso de VANT na obtenção de imagens aéreas digitais de alta resolução espacial, realizar o processamento das imagens a fim de gerar mapas do uso e cobertura do solo, modelar a paisagem em 3D, além de sinalizar potencialidades e problemas enfrentados na aquisição de imagens. Foi avaliado o uso do multirotor Phantom 3 Professional acoplado com câmera digital fotográfica Sony EXMOR 1/2.3”, somado ao processamento das imagens em software de visão computacional 3D, Agisoft PhotoScan Professional e no Sistema de Informação Geográfica, ArcGIS/ArcMap 10.1. Para tanto, foram obtidos três ortomosaicos de duas localidades distintas no município de Seropédica – RJ, denominadas Região 1 e Região 2 (a) e (b). A resolução espacial obtida para o mosaico ortorretificado da Região 01 correspondeu a 2,67 cm/pixel (70 m de altitude de voo), enquanto que na Região 2 (a) e (b) foi de 2,30 (50 m) e 3,59 cm/pixel (80 m), respectivamente. Ainda, foram gerados dois mapas de uso e cobertura do solo dessas regiões, e também modelos tridimensionais dessas paisagens. A alta resolução espacial permitiu estudos do uso e cobertura do solo utilizando feições da paisagem com alto nível de detalhamento (copa de árvores, prédios, estufas e ruas estreitas). A Região 01 e Região 02 (b) apresentaram 5 classes de classificação do uso e cobertura do solo. A predominância nessa área mapeada da Região 01 é de áreas abertas com a presença de gramíneas, equivalente a 45,6% da área total (2,6 ha). A Região 2 (b) apresentou resultado inferior para essa classe, equivalente a 39 % da área total mapeada (5,7 ha). Nos modelos 3D gerados foram identificados problemas com sobreposição nas extremidades, em diferentes intensidades. As extremidades desses modelos apresentaram alto índice de falhas nos objetos, principalmente em altitude, como é o caso da copa das árvores. A possibilidade de criar uma nuvem de pontos fotogramétricos por meio de imagens digitais e consequente modelos tridimensionais permite grandes aplicações no âmbito florestal. Além disso, a obtenção de modelos tridimensionais da paisagem apresenta um novo nível na tomada de decisões, baseadas em mapas tridimensionais fidedignos da realidade, conforme o observado nos produtos realizados nesse estudo. A autonomia de voo dos VANTs multirotores ainda é um fator limitante no mapeamento de áreas médias e grandes, devendo ser utilizadas estratégias que maximizem a energia disponível e permitam a realização do mapeamento dessas áreas. O processamento dos dados tridimensionais é limitado pelos requisitos do hardware. A utilização de micro VANTs em diversos segmentos apresenta-se como uma das grandes inovações da atualidade, e, no âmbito das ciências florestais, mais estudos devem ser desenvolvidos a fim de atingir todas as potencialidades de uso dessa plataforma.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectVeículo aéreo não tripuladopt_BR
dc.subjectImagens ortorretificadaspt_BR
dc.subjectFotogrametriapt_BR
dc.titleAplicação de VANT no mapeamento do uso e cobertura do solo e na geração de modelos 3D da paisagempt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.contributor.membersMendonça, Bruno Araujo Furtado de-
dc.contributor.membersAraújo, Emanuel José Gomes de-
dc.contributor.membersSilva, Rogério Luiz da-
dc.degree.levelbachareladopt_BR
dc.description.abstractOtherThe rapid advancement of technology (computing, materials, global navigation systems, improved sensors, etc.), plus the growing demand to produce higher quality cartographic products has contributed to the development and use of Unmanned Aerial Vehicles (UAVs) in Brazil and in the World. UAVs currently appear as an option in forestry because they have a number of applications, such as: monitoring of commercial plantations and natural forests; identifying abnormalities; gathering information for conducting silvicultural practices; control of forest fires, among others. The aim of this study was to evaluate the use of UAVs in obtaining high spatial resolution digital aerial images, perform image processing in order to generate maps of land use and land cover, model the 3D landscape, and signal potential and problems faced in acquiring images. Was evaluated the use of multirotor Phantom 3 Professional coupled with photographic digital camera Sony EXMOR 1/2.3", added to the processing of images in 3D computer vision software, Agisoft PhotoScan Professional and Geographic Information System, ArcGIS/ArcMap 10.1. Therefore, we obtained three orthomosaics in two different locations in the city of Seropédica - RJ, called Region 1 and Region 2 (a) and (b). The spatial resolution obtained for ortorrectified mosaic region 01 corresponded to 2.67 cm/pixel (70 m flight altitude), while in Region 2 (a) and (b) was 2.30 (50 m) and 3.59 cm/pixel (80 m). Still, were done two using and land cover maps of these regions, and also 3D models of these landscapes. The high spatial resolution allowed studies of the using and land cover through landscape features with high level of detail (tree canopy, buildings, greenhouses and narrow streets). The Region 01 and Region 02 (b) had 5 using and land cover classes. The predominance mapped in the area of the Region 01 is of open areas with the presence of grass, equivalent to 45.6% of the total area (2.6 ha). Region 2 (b) had a lower result for this class, equivalent to 39% of the total mapped área (5.7 ha). For all 3D models generated were identified problems overlapping in the extremity at different intensities. The extremity of these models showed high failure rate in the objects, especially at altitude, such as the tree canopy. The possibility of creating a cloud of photogrammetric points through digital images and resulting three-dimensional models allows large applications in the forestry context. Furthermore, the possibility of obtaining three dimensional models of the landscape allows a new level in decision-making based on reliable three-dimensional maps, as observed in the products of this study. The flight range of UAVs multirotores is still a limiting factor in the mapping medium and large areas and should be used strategies that maximize the power available and enable the full mapping of these areas. The processing of three-dimensional data is limited by the hardware requirements. The use of micro UAVs in various segments is presented as one the great innovations of present, and within forest science, more studies should be developed in order to achieve all potencial of this platform.pt_BR
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Danilo Henrique dos Santos Ataíde.pdf4,2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.