Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3008
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLima, Viviane Moreira-
dc.contributor.advisorSoares, Maria Amélia Menck-
dc.contributor.authorGomes, Jennifer Vieira-
dc.date.accessioned2018-08-10T14:44:37Z-
dc.date.available2018-08-10T14:44:37Z-
dc.date.issued12-12-10-
dc.identifier.urihttp://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/3008-
dc.description.abstractDentro da Biologia, a Genética é uma ciência relativamente jovem e vem crescendo consideravelmente nos últimos anos. Hoje em dia, ela ocupa grande espaço na mídia estando relacionada a várias questões sociais, tais como a produção de transgênicos, clonagem, testes de paternidade, identificação de pessoas e perícias, dentre outras. Talvez por conta disso, essa nova área de conhecimento vem despertando interesse nos discentes de diferentes níveis de escolaridade. Entretanto, os estudantes apresentam dificuldades na aprendizagem de temas ligados à Genética. Esta dificuldade se deve não só a complexidade dos fenômenos, mas ao fato de que o aprendizado de seus conceitos exige um alto grau de abstração. Atualmente, as aulas práticas são utilizadas como uma “ponte” ligando o conteúdo das aulas teóricas à compreensão e por vezes provocando um entendimento mais amplo sobre o assunto abordado. Atividades práticas, simulações e jogos, quando mediados de forma correta, são elementos importantes no processo de aprendizagem, e possibilitam ao aluno uma formação crítica e diferenciada do conhecimento. Desta forma, com o presente trabalho objetivamos criar um modelo para o ensino de mapeamento genético, contribuindo desse modo para as aulas de Genética Geral da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e que posteriormente possa alcançar também as salas da Educação Básica, mas especificamente o Ensino Médio. O modelo utilizado no trabalho foi um modelo vegetal baseado na espécie Solanum lycopersicum (tomate). Para a elaboração do mesmo, foram escolhidos três genes localizados no cromossomo 5 relativamente próximos. A escolha das características foi baseada na proximidade entre os genes e na facilidade de representação dos fenótipos, os quais foram desenhados em papel diplomata, digitalizados e impressos para a confecção do modelo. Junto com o modelo, foram elaborados relatórios e um questionário individual, os quais foram utilizados como forma de avaliação da eficiência do método. O modelo foi aplicado em duas turmas práticas da disciplina IB455 Genética Geral e em seguida, os relatórios e questionários individuais foram corrigidos e analisados, comparando-se o percentual de acerto para cada questão nas duas turmas de prática da disciplina IB455 (turmas P01 e P02). Baseado no relato dos estudantes que fizeram a prática e conforme esperado, o modelo auxiliou na compreensão da teoria sobre mapeamento genético, sugerindo que o mesmo pode representar mais uma ferramenta auxiliar no processo ensino aprendizagem.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectCrossing-overpt_BR
dc.subjectMapeamentopt_BR
dc.subjectSolanum lycopersicumpt_BR
dc.subjectEnsino de genéticapt_BR
dc.titleModelo didático no processo ensino aprendizagem: mapeamento genéticopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.contributor.membersLima, Viviane Moreira-
dc.contributor.membersSoares, Maria Amélia Menck-
dc.contributor.membersFonseca, Lana Cláudia de Souza-
dc.contributor.membersBorba, Helcio Resende-
dc.degree.levellicenciaturapt_BR
dc.description.abstractOtherIn Biology, Genetics is a relatively young science and has grown considerably in recent years. Nowadays, it occupies a large space in the media, being related to various social issues, such as the production of transgenics, cloning, paternity tests, identifications of corpses, among others. Perhaps due to it, this new area of knowledge is attracting interest of students of different educational levels. However, the students have difficulties in learning issues related to Genetics. That difficulty is due not only for the complexity of the phenomena, but also for the fact that learning its concepts requires a high degree of abstraction. Currently, practical classes are used as a "bridge" connecting the content of theoretical classes to comprehencsion, sometimes causing a broader understanding of the subject matter. Practical activities, simulations and games, when mediated correctly, are important elements in the learning process, and allow the student to have a critical and differentiated formation of knowledge. Thus, this study aimed to create a model for the teaching of and genetic mapping, thereby contributing to the General Genetics classes of the Federal Rural University of Rio de Janeiro (UFRRJ) and also reach the Basic Education, specifically High School. The model used in the study was a vegetable model biased in the species Solanum lycopersicum (tomato). For the preparation of the model three genes were chosen, located on chromosome 5, relatively close. The choice of characteristics is based on proximity between genes and ease of representation of phenotypes, which would have to be designed in diplomata paper, scanned and printed for producing the models. Along with the models, reports and an individual questionnaire were drafted, which were used as a means of assessing the efficiency of the method. The models were applied in two practice classes of IB455 General Genetics subject and, after applying the model, reports and individual questionnaires were fixed and analyzed by comparing the percentage of correct answers for each question in the two classes (classes P01 and P02). Based on reports made by students who took the practice and as expected, the model helped in understanding the theory of genetic mapping, suggesting that it may represent an auxiliary tool in the learning process.pt_BR
Appears in Collections:Monografias do Curso de Biologia

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jennifer Vieira Gomes - Dez 2015.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.