Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2991
Title: O uso da rugosidade na determinação dos efeitos de operações de usinagem na qualidade superficial das madeiras de Hymenolobium petraeum e Piptadenia gonoacantha
Authors: Reis, Claudia de Azevedo
metadata.dc.contributor.advisor: Carvalho, Alexandre Monteiro de
metadata.dc.contributor.members: Carvalho, Alexandre Monteiro de
Souza, Natália Dias de
Garcia, Rosilei Aparecida
Keywords: Usinagem da madeira
Qualidade da madeira
Rugosidade da madeira
Issue Date: 3-Jul-2015
Abstract: Os produtos de madeira fabricados pela indústria moveleira necessitam ter qualidade das superfícies usinadas a partir de processos uniformes de produção, com custos reduzidos, usos bem definidos e alta competitividade dentro do setor, principalmente quando se trata de produtos madeireiros de espécies nativas. O empirismo das avaliações de parâmetros de qualidade na indicação de usos, nem sempre condiz com o ideal. Objetivou-se neste trabalho determinar a qualidade de superfícies de peças de madeira de espécies nativas aplainadas e lixadas, a partir da medição da rugosidade. Foram utilizadas pranchas de madeira de Hymenolobium petraeum Ducke (angelim pedra) e Piptadenia gonoacantha (pau jacaré) obtidas no campus de Seropédica da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. As espécies foram cortadas para os testes de usinagem em amostras com dimensões de 20 cm x 10 cm x 1,5 cm, sendo os ensaios realizados no Laboratório de Processamento Mecânico de Madeira (DPF/IF/UFRRJ). As amostras foram aplainadas em diferentes direções (contra e a favor da grã) e para a avaliação da rugosidade foi utilizado um equipamento rugosímetro de contato modelo Digimess TR200. Posteriormente, as amostras foram lixadas em uma lixadeira de fita, e também, para qualificação foi utilizados o rugosímetro de contato. A madeira de Piptadenia gonoacantha (pau jacaré) apresentou superfícies usinadas de boa qualidade, principalmente após lixamento. Já a madeira de Hymenolobium petraeum Ducke (angelim pedra) apresentou uma grande quantidade do defeito grã retorcida, e com isso, uma alta rugosidade (Ra), tanto no teste de plaina quanto no teste de lixamento. De maneira geral, quanto à qualidade de usinagem, as amostras lixadas apresentaram melhor qualidade, isto é, menores valores de rugosidade (Ra) quando comparadas às amostra aplainadas.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2991
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA CLAUDIA REIS.pdf1,55 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.