Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2851
Title: Monitoramento da vegetação com parcelas amostrais permanentes para o estudo dos impactos indiretos de projetos rodoviários
Authors: Alverga, Thiago Palhares de Polari
metadata.dc.contributor.advisor: Amorim, Hugo Barbosa
metadata.dc.contributor.members: Amorim, Hugo Barbosa
Morokawa, Tokitika
Gonçalves, Marcello Guerreiro
Keywords: Monitoramento ambiental
Parcelas permanentes
Impactos ambientais
BR 101/RJ
Issue Date: 9-Dec-2008
Abstract: Este trabalho teve como objetivo qualificar e quantificar os impactos negativos causados pela obra de duplicação da BR 101/RJ sobre os remanescentes florestais situados na área de influência da rodovia. O estudo foi realizado em três diferentes tipologias florestais (Floresta Ombrófila Densa, Mata Ciliar e Floresta com Influência Flúvio-Marinha) situadas na área de influência indireta da obra de duplicação. A vegetação estudada encontra-se inserida no Domínio da Mata Atlântica com uma precipitação média anual de 1.200 mm, sendo janeiro o mês mais chuvoso, com média mensal de 300 mm. Para avaliar o comportamento e dinâmica da floresta, foram alocadas em cada tipologia, cinco parcelas amostrais, cada uma com 100 m² de área (10 m x 10 m), e para o estudo da regeneração foram instaladas cinco parcelas amostrais de 25 m² (5 m x 5 m). Na Floresta Ombrófila Densa foram identificados 18 espécies arbóreas pertencentes a 18 gêneros e 14 famílias e para a vegetação regenerante foram identificadas 25 espécies, 22 gêneros e 17 famílias. Na Mata Ciliar foram identificadas 8 espécies, 8 gêneros e 7 famílias e na parcelas amostrais de regeneração natural foram identificadas 9 espécies, 8 gêneros e 11 famílias. A Floresta com Influência Fluvio-Marinha apresentou 2 espécies, 2 gêneros e 2 famílias. As três tipologias estudas foram classificadas como pertencendo ao estádio médio de sucessão ecológica de Mata Atlântica de acordo com a Resolução CONAMA 06/94.. Os índices fitossociológicos mostraram que a diversidade nas tipologias estudadas é baixa e a variação do número de indivíduos arbóreos por medição nos três fragmentos foi insignificante o mesmo não ocorrendo com a regeneração. O monitoramento foi realizado entre dezembro de 2007 e outubro de 2008 através de 4 medições, espaçadas entre si por um período de 3 meses, Os incrementos médios mensais por período mostraram tendência decrescente para a Floresta Ombrófila Densa e Mata Ciliar. Presume-se que esse comportamento tenha vinculação com a sazonalidade tendo em vista que as medições se iniciaram no final do verão e terminaram ao final do inverno. A continuidade do monitoramento poderá confirmar ou não essa possibilidade. Devido ao pequeno intervalo de tempo entre a primeira e última medição, a dinâmica da composição florística dos indivíduos arbóreos adultos (DAP ≥ 5,0 cm) foi pouco influenciada. Não foi constatada a ocorrência de modificações significativas na vegetação relacionadas à implantação do empreendimento.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2851
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia_Thiago.pdf2,26 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.