Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2837
Title: Produção de mudas de três espécies florestais nativas da Mata Atlântica em diferentes períodos de sombreamento
Authors: Silveira, Rodrigo de Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: Melo, Lucas Amaral de
metadata.dc.contributor.members: Melo, Lucas Amaral de
Resende, Alexander Silva de
Leles, Paulo Sérgio dos Santos
Keywords: Bauhinia forficata
Pseudobombax grandiflorum
Hymenaea courbaril
Issue Date: 31-Jan-2014
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o crescimento e a qualidade das mudas de Bauhinia forficata Link (pata de vaca), Pseudobombax grandiflorum (Cav.) A. Robyns (embiruçu) e Hymenaea courbaril L. (jatobá), produzidas em sacos plásticos de 14 x 20 cm. Para cada espécie, foi montado um experimento em delineamento inteiramente casualizado, analisando cinco tratamentos, sendo que T1 (todo processo realizado a pleno sol, desde o semeio até a expedição), T2 (o semeio foi feito na sombra e as plantas foram submetidas nessa condição até apresentarem dois pares de folhas, depois o restante do processo foi feito a pleno sol), T3 (as mudas foram mantidas sob sombreamento até alcançarem 30% do período referente ao seu ciclo de produção), T4 (as mudas foram mantidas sob sombreamento até alcançarem 60% do período referentes ao seu ciclo de produção) e T5 (as mudas foram mantidas sob sombreamento durante todo o período referente ao seu ciclo de produção), composto por seis repetições e 18 plantas por parcela. Ao longo do processo de produção, foram realizadas avaliações, de 15 em 15 dias, a partir de 45 dias após a semeadura, que consistiram em medições da altura da parte aérea (H) e diâmetro de coleto (DC). Na última avaliação, além da alturae diâmetro do coleto, foram avaliadas a matéria seca da parte aérea (MSPA), a matéria seca do sistema radicular (MSR), a matéria seca total (MST), a relação MSPA/MST e o Índice de qualidade de Dickson (IQD). Conclui-se que o uso de sombreamento é importante para manejar o crescimento das mudas, em que, mudas submetidas inicialmente ao sombreamento tendem a crescer mais em altura, depois estas devem ser levadas a pleno sol, onde ganharão em diâmetro do coleto e matéria seca radicular, rustificando as mudas.
URI: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2837
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Monografia Rodrigo Freitas 2013-II.pdf631,94 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.