Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2701
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeles, Paulo Sérgio dos Santos-
dc.contributor.authorAndrade Netto, Dilson Sena de-
dc.date.accessioned2018-07-23T10:40:11Z-
dc.date.available2018-07-23T10:40:11Z-
dc.date.issued2009-06-25-
dc.identifier.urihttp://repositorio.im.ufrrj.br:8080/jspui/handle/1235813/2701-
dc.description.abstractEste trabalho tem como objetivo verificar a influência de doses crescentes de N-P-K (04-31-04) e duas fontes de P2O5, no crescimento do híbrido Eucalyptus grandis x E. urophylla em sistema silvipastoril, aos 15 meses após o plantio, em solo com deficiência de P disponível (0,9 mg / dm3 ), em uma propriedade rural em Além Paraíba, MG. O experimento foi implantado em uma área já estabelecida com Brachiaria spp., adotando-se um arranjo espacial de plantio, em curvas de nível, de mudas Eucalyptus grandis x E. urophylla em fileiras triplas com espaçamento de 2 x 2 m nas linhas triplas, que foram distanciadas em 12 m (2 x 2 + 12 m). O experimento foi constituído pelos tratamentos: uma testemunha absoluta (sem adubação), quatro doses crescentes (50, 100, 150 e 200 gramas por cova) de N-P-K (04-31-04), além de um tratamento que recebeu 150 gramas de N-P-K (06-30-06) por cova. O primeiro adubo contém fosfato natural reativo, sendo 11% P2O5 solúvel em água e 18% de P2O5 solúvel em ácido cítrico, além de 22% de Ca, 0,1% de Cu e 0,3% de Zn. O adubo 06-30-06 contém apenas fosfato solúvel em água e também 7% de Ca e 6% de S. Cada tratamento foi constituído por 3 repetições de 6 covas de plantio, totalizando 18 unidades amostrais. Foram realizadas avaliações de altura aos 2, 6 e 15 meses após o plantio. Nesta última avaliação, também foram mensurados a circunferência a 3 cm do nível do solo (CNS) e a circunferência a altura do peito (CAP). Para determinação da biomassa da parte aérea das plantas, foi selecionada uma planta com valores mais próximos das médias de altura e CAP por unidade amostral. Para determinação da biomassa do sistema radicular, foi escolhida apenas uma planta entre as três abatidas para cada tratamento, sendo aquela que apresentou valores de altura e CAP mais próximos da média. Conclui-se que o até os 15 meses após o plantio, as plantas de Eucalyptus grandis x E. urophylla em sistema silvipastoril, responderam de forma positiva às doses crescentes de N-P-K (04-31-04) na adubação de plantio, sendo que a dose máxima aplicada, 200 gramas por cova, proporcionou maior crescimento às plantas. Comparando as duas fontes de P2O5 com a mesma quantidade de adubo aplicado por cova de plantio, o N-P-K (06-30-06) proporcionou o melhor crescimento às plantas de Eucalyptus grandis x E. urophylla em sistema silvipastoril do que quando aplicou-se NP-K (04-31-04).pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectSilviculturapt_BR
dc.subjectAdubação fosfatadapt_BR
dc.subjectFertilidadept_BR
dc.titleCrescimento inicial de Eucalyptus grandis x E. urophylla, com diferentes doses e fontes de adubação de plantio em sistema silvipastoril, em Além Paraíba – MGpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.contributor.membersLeles, Paulo Sérgio dos Santos-
dc.contributor.membersZonta, Everaldo-
dc.contributor.membersPassos, Carlos Alberto Moraes-
dc.degree.levelbachareladopt_BR
dc.description.abstractOtherThis work aims to verify the influence of increasing doses of N-P-K (04-31-04) and two sources of P2O5 in the growth of the hybrid Eucalyptus grandis x E. urophylla in silvopastoral system, to 15 months after planting in soil with disabilities available P (0.9 mg/dm3 ) on a rural property in Além Paraíba, MG, Brazil. The experiment was located in an area already established with Brachiaria spp., adopting is a spatial arrangement of planting on level curves of seedling Eucalyptus grandis x E. urophylla in triple rows with spacing of 2 x 2 m in the triple lines, which were distant in 12 m (2 x 2 + 12 m). The experiment was composed of the treatments: an absolute (without fertilization), four increasing doses (50, 100, 150 and 200 grams per hole) of N-P-K (04-31-04), and a treatment that received 150 grams of N-P-K (06-30-06) per hole. The first fertilizer containing phosphate reagent, and 11% P2O5 soluble in water and 18% P2O5 soluble in citric acid, and 22% Ca, 0.1% Cu and 0.3% for Zn. The fertilizer 06-30-06 contains only phosphate soluble in water and 7% of Ca and 6% of S. Each treatment consisted of 3 replicates of 6 planting holes, totaling 18 sampling units. Evaluations of height at 2, 6 and 15 months after planting. This last assessment were also measured the circumference of 3 cm from the ground level (CNS) and circumference at breast height (CAP). To determine the biomass of the shoots, was selected a plant with values near the average height and CAP each sample. To determine the biomass of root system, was chosen one slaughter plant between the three for each treatment, and those with high values and CAP closer to the average. It is concluded that up to 15 months after planting, plants of Eucalyptus grandis x E. urophylla in silvopastoral system, responded positively to the increasing doses of N-P-K (04-31-04) fertilizer at planting, and the maximum dose used, 200 grams per hole, provided the greatest growth of plants. Comparing the two sources of P2O5 with the same amount of fertilizer applied per planting hole, the N-P-K (06-30-06) provided the best growth of plants of Eucalyptus grandis x E. urophylla in silvopastoral system than when it is applied N-P-K (04-31- 04).pt_BR
Appears in Collections:TCC - Engenharia Florestal (Seropédica)

Se for cadastrado no RIMA, poderá receber informações por email.
Se ainda não tem uma conta, cadastre-se aqui!

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dilson.pdf1,77 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.